Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2021

Falar sobre os sentimentos: você tem falado sobre os seus?

Imagem
A dificuldade em expressar os sentimentos por meio de palavras é mais comum do que pensamos. Ela pode ocorrer por diversos motivos, desde a timidez até o medo de ser rejeitado ou ridicularizado. Guardar tudo aquilo que sentimos só para nós mesmos pode levar a uma série de distúrbios mentais e de saúde. Falar dos sentimentos é essencial e quando não conseguimos expressá-los, o mais indicado é procurar um psicólogo para obter ajuda profissional adequada. O hábito de falar dos sentimentos não denota que somos fracos ou sensíveis demais. Pelo contrário: se não os expressamos acabamos nos sentindo frustrados e, muitas vezes, levados ao estresse, a prejuízos cognitivos, afetivos e sociais. Desânimo, irritação, ansiedade e tristeza são alguns dos sintomas emocionais mais comuns daqueles que guardam tudo que sentem para si. 💬 Busque ajuda profissional⠀ 📌 Atendimento Online, Presencial e Em Domicílio Escolha cuidar de você, agende uma consulta: Psicóloga Erika Pasqueto - CRP 06/60131 (11) 282

Automutilação: o que é, quais as causas, como tratar?

Imagem
A automutilação é o termo utilizado para designar a pessoa que pratica o ato de se cortar em alguma parte do corpo, para obter, de uma forma desesperada, um alívio de uma dor psíquica intensa.  O comportamento é conhecido como “cutting”, que significa “corte” em inglês. Após o ato, surge o sentimento de vergonha, sendo preciso esconder os cortes para evitar um outro sentimento: a culpa por estar agindo assim.  As possíveis causas deste comportamento No momento intenso da dor a solidão toma conta, o coração acelera, dores estomacais surgem, as pernas tremem e um turbilhão de pensamentos negativos perturbam a mente cansada, a ponto de realizarem o ato novamente, e novamente, e novamente…  As emoções negativas perturbam, enlouquecem, e o que se vê é a única possibilidade de resolver os conflitos internos com os cortes.  A demora para buscar ajuda pode desencadear um Transtorno Depressivo maior, o Transtorno Obsessivo Compulsivo, mais conhecido como TOC, o Transtorno de Ansiedade Generaliz